Alimentos saudáveis para crianças: quais incluir na lancheira?

Uma das maiores alegrias de uma mãe é ver o seu pequeno crescendo, aprendendo e se realizando como pessoa. Quando os filhos começam a dar os seus passos com autonomia, as mães mal conseguem conter a felicidade.

Mas, para que essa jornada linda se torne possível priorizar a saúde das crianças por meio da alimentação é indispensável. Afinal, como dizia Hipócrates: “nós somos aquilo que comemos”.

Mesmo sabendo disso, na prática nem sempre é fácil manter uma cardápio equilibrado para os pequenos, certo? Então, agora a boa notícia: é perfeitamente possível!

Com a mudança de hábitos e alguns cuidados, você pode, sim, introduzir uma alimentação um pouco mais leve no dia a dia das crianças.

Que tal começar pela lancheira do seu filho? Se os alimentos industrializados estão sempre nela, é hora de repensar essa prática!

Continue lendo o artigo e descubra como mudar!

Porque incluir alimentos saudáveis para crianças na lancheira?

Priorizar uma alimentação saudável na infância e na adolescência é fundamental para garantir o crescimento e o desenvolvimento das crianças.

Além disso, um cardápio equilibrado é capaz de prevenir problemas de saúde, como a anemia por deficiência de ferro e a obesidade infantil, doenças cardíacas, diabetes e hipertensão.

E sabe o que é melhor? Muitos dos alimentos saudáveis para crianças podem ser consumidos in natura. Legumes, verduras, frutas, sementes e castanhas são ótimos exemplos.

Além deles, feijão, arroz, milho e trigo também devem ser consumidos em porções adequadas. É claro que esses precisam ser preparados, mas, de preferência, em casa. Afinal, quando caseiros eles têm muito mais sabor e nutrição.

6 alimentos que podem ajudar no aprendizado e desenvolvimento da criança

Do útero à adolescência, alimentos saudáveis para crianças oferecem os nutrientes que elas precisam para crescer e se desenvolver. Eles são fundamentais para a memória, a concentração e a aprendizagem. Mas é claro que alguns oferecem mais nutrientes. Confira 5 deles!

Peixes

Os peixes possuem uma quantidade importante de ômega 3, gordura natural que compõe as membranas celulares do cérebro. Por isso, eles  devem ser incorporados ao cardápio dos pequenos.

Sardinha, atum, salmão, truta, peixe-espada, anchova, enguia, cação são alguns deles. Que tal incluir um sanduíche de atum na lancheira do seu filho? Uma ótima pedida!

Massas

Os carboidratos são responsáveis por fornecer energia ao organismo. Eles são importantes não somente para o esforço físico, mas também para a atividade cerebral. Isso porque 20% dos recursos energéticos diários são destinados para os exercícios do nosso cérebro. Desde que consumidas na medida certa, as massas são importantes.

Portanto, vale incluir uma fatia de bolo na lancheira do seu filho.

Leguminosas e carnes vermelhas

Esses dois tipos de alimento possuem dois nutrientes importantes.

Isso porque ambos fornecem proteínas, que ajudam na formação dos tecidos no organismo. O recomendado é consumir vários tipos de proteína com regularidade.

Além disso, também as leguminosas e as carnes vermelhas também entregam ao corpo quantidades significativas de ferro. Na prática, esse mineral facilita a absorção do oxigênio distribuído no sangue e, depois, no cérebro. Ao garantir a ingestão de ferro, é possível se prevenir a falta de concentração, o cansaço e a perda da força física.

Uma porção de carne com legumes na lancheira do seu filho fornece o ferro que ele tanto precisa.

Lacticínios

Iogurte, leite e queijo são alimentos saudáveis para crianças. Eles são ricos em proteínas, vitaminas e minerais. Além disso, fornecem uma quantidade importante de cálcio, nutriente que regula as funções nervosas, ajuda na formação dos ossos e dentes das crianças e no crescimento delas.

Incluir iogurte na lancheira dos pequenos é uma ótima maneira de estimular a saúde e o desenvolvimento deles. É possível, inclusive, fazer um iogurte caseiro e convidar as crianças para ajudar você.

Açúcar

Você não leu errado! O açúcar está nessa lista porque ele ajuda a manter da criança o cérebro ativo e estimulado. É claro que estamos falando do açúcar do bem, encontrado nas frutas.

Uma porção diária de duas ou mais frutas já favorece o desenvolvimento cerebral das crianças. O consumo da banana é recomendado para melhorar as funções cerebrais.

Ah! Não é porque você viu o açúcar na lista que pode distribuir balas e outros doces industrializados para as crianças, certo? Nada de exageros! O consumo dele de maneira desmedida pode provocar doenças como diabetes e obesidade.

5 combos de alimentos para a lancheira das crianças

Muito bem! Agora você já sabe quais alimentos têm mais valor nutricional e a importância de incluir eles na lancheira dos seus filhos.

Mas, então, como fazer isso na prática?

Veja 5 combos que preparamos como sugestão pra você. Usando-os como ponto de partida já é possível compor o cardápio de uma semana de aula.

Combo 1: 1 tapioca com queijo branco, geleia de frutas e amêndoas em lascas + 1 copo de suco de uva integral;

Combo 2: 4 cookies integrais + 1 tangerina + 1 caixinha água de coco;

Combo 3: Salada de frutas com iogurte + cereal;

Combo 4: 1 fatia de bolo caseiro de fubá + 1 fatia de queijo branco + 1 copo de suco natural de mamão;

Combo 5: 1 pão de queijo + 1 porção de melancia picada + 1 caixinha de água de coco.

Quer conferir mais dicas que podem ajudá-lo na rotina com as crianças? Acompanhe sempre o blog da Ripio!

Comentários do Facebook

Deixe um Comentário