As melhores opções de pets para crianças!

Ter um pet é um desejo de toda criança, mas pode ser uma situação complicada para os pais na hora de decidir se é o momento e qual a melhor opção para um companheiro para os pequenos, sem contar o impacto que este novo amigo trará para a casa, como a questão da limpeza e gastos.

Segundo matéria de O Globo, “crianças que convivem com animais de estimação costumam expressar afetividade mais facilmente e aprendem mais sobre regras de convívio, respeito e sobre a importância de cuidar do outro”.

Então, é interessante pensar que um pet pode ser um investimento na educação e desenvolvimento dos seus filhos, sendo boas opções para ensinar valores e responsabilidades, e pesquisar bastante antes de tomar a decisão de qual será o novo companheiro escolhido!

Pensando nisso, criamos uma lista com as melhores opções para que você e seus filhos tenham o bichinho adequado para a sua casa!

1 – Peixes

Os peixes são uma ótima opção para casas com pouco espaço e para começar a adaptar as crianças às responsabilidades que ter animais em casa representa!

Por serem bichinhos com os quais se interage muito pouco, é ideal para crianças observadoras, contemplativas e exigem poucos cuidados além da alimentação e limpeza do aquário.

2 – Pequenos roedores, como hamsters, gerbils e porquinhos da índia

Outra boa opção para casas com pouco espaço, os pequenos roedores são animais que requerem pouco espaço e cuidado moderado, mas que podem ser muito divertidos para crianças que não tenham necessidade de grande interação com os animais.

Idealmente criados em terrários (aquários secos) e gaiolas, precisam de companhia, por isso é bom sempre ter dois ou mais bichinhos, o que não aumenta a necessidade de espaço e garante a saúde dos animaizinhos.

Há, também, uma diversidade de acessórios para colocar em sua gaiola ou terrário que fazem a experiência de tê-los como pets seja muito mais gostosa!

3 – Gatos

Os bichanos, apesar da fama injusta de traiçoeiros e preguiçosos são ótimos animais de estimação por sua independência e aceio, podendo ficar sozinhos por maior período, são a opção ideal para famílias que passam muito tempo fora de casa.

Diferente dos peixes e pequenos roedores, precisam de mais espaço, e até mesmo acesso à rua, para se exercitar e não ficarem estressados!

Apesar de serem muito limpos, os gatos, mesmo de pêlos curtos, acabam deixando bastante pêlos em móveis e tapetes, sendo necessária maior atenção na limpeza dos ambientes da casa.

Também são bastante carinhosos e adoram um colo e carinhos, mas são temperamentais e demonstram facilmente quando querem ficar sozinhos ou estão chateados com alguma coisa.

4 – Cães

Os melhores amigos do homem são os bichinhos preferidos quando pensamos em ter um animal de estimação! São brincalhões, companheiros e sempre prontos para quase toda atividade e interação, mas são uma opção que requer mais cuidados!

Diferente dos gatos, não são tão independentes e requerem atenção especial, principalmente se o espaço da casa não for suficiente para a raça escolhida, precisando que sejam levados para passear diariamente!

Também diferentemente dos demais animais, as diferentes raças de cães foram desenvolvidas para realizar tarefas, o que significa que a personalidade deles varia muito de acordo com a finalidade para que a raça foi criada, e isso pode ser uma dor de cabeça se a escolha não for cuidadosa!

5 – Aves

Talvez os mais controversos animais de estimação, as aves podem ser boas opções para quem tem um sítio ou casa bem grande!

O ideal é que aves voadoras sejam apreciadas livres, não em gaiolas, mas existem as aves terrestres, como galinhas, que podem ser adquiridos como pets!

Porém, é necessário grande cuidado com a limpeza, uma vez que são animais que fazem muita sujeira, então, não são indicados para serem mantidos dentro de casa.

Independente de qual animalzinho você escolha para ser a companhia de sua família, é preciso sempre ficar atento se são permitidos por lei, ou se existe alguma restrição para sua posse, evitando o estímulo ao tráfico de animais silvestres e protegidos.

Outro ponto bastante importante para se levar em consideração é adotar animais em ONGs, feiras de adoção, ou até mesmo em pet shops.

Animais abandonados, resgatados e disponíveis para adoção são muito afetivos e gratos pelo pela companhia e carinho, além de serem muito mais baratos, ou até mesmo gratuitos para aquisição, além de ajudarmos a reduzir o número de animais nas ruas e sem cuidados!

Espero que tenha gostado das dicas para ter um animalzinho em casa! Se quiser conhecer mais dicas que vão te ajudar a desenvolver seu filhos, assine nossa newsletter e fique atento ao nosso blog!

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Comentários do Facebook

Deixe um Comentário