Saiba porque você deve abolir, para sempre, a palmada!

É comum que crianças tenham atitudes desobedientes ou que façam algum tipo de arte de vez em quando, não é mesmo? Também é comum que os pais recorram as tradicionais palmadas nessas horas. De forma geral, o pensamento é: os filhos recebem uma punição e aprendem a não repetir as atitudes malcriadas.

Mas o resultado nem sempre é este. Fazer com que a criança associe o comportamento negativo com dor física pode gerar traumas e até incentivar atitudes agressivas nos pequenos. Entendemos que um dos maiores desafios da paternidade é identificar qual é o melhor método para educar os filhos. Saiba mais:

Porque os pais devem encontrar alternativas às palmadas

Embora muitos dos pais de hoje tenham sido ensinados por meio de palmadas, isso não significa que o método deva ser seguido na educação dos seus filhos. Pelo contrário, atualmente há muito mais informações disponíveis para que os adultos saibam qual é a melhor maneira para lidar com os pequenos, de modo que eles entendam quando têm uma atitude errada e aprendam a agir melhor em uma próxima vez.

Podemos associar as palmadas a uma punição, certo? Mas será que apenas punir é o suficiente para que a criança entenda que não deve mais agir de determinada maneira? Com certeza, não. Quando o seu filho leva uma palmada ele tende a apresentar um destes comportamentos:

  • Mágoa de quem deu as palmadas;
  • Medo de quem deu as palmadas;
  • Atitudes agressivas – uma vez que os pequenos tendem a imitar os pais;
  • Vontade de desafiar os pais com novos comportamentos negativos.

Provavelmente, você não quer que os seus filhos tenham medo de você ou que assumam atitudes agressivas com colegas e amigos, certo? Por isso, as palmadas devem ser abolidas de uma vez por todas. É importante perceber que as crianças assimilam as situações de uma maneira diferente e que elas estão em uma fase de intenso aprendizado.

Tudo o que os pais fazem e dizem têm um grande impacto sobre os pequenos – e entender isso é o grande segredo para acertar na educação dos filhos.

Qual é a melhor maneira para educar os seus filhos

Para garantir que os seus filhos aprendam o que é certo e errado, é preciso diálogo e paciência. Tente conversar de uma maneira que a criança compreenda. Se ela repetir o erro, converse novamente. Explique o porquê da atitude que ela tomou ser errada e mostre as suas consequências.

Também é importante deixar que os filhos tomem responsabilidade pelos seus atos. Se eles bateram em um colega, devem pedir desculpa. Se bagunçaram além da conta a sala de casa, devem limpar – ou ajudar na limpeza.

Vale dizer ainda que demonstrações de afeto e elogios, quando o seu filho tem atitudes positivas, também são essenciais no processo para uma boa educação. Estes são pontos que ajudam a garantir que a criança leve os seus ensinamentos para a vida, aprenda a diferenciar o certo do errado e tenha respeito, e não medo dos pais.

E sabemos que para todo filho seu pai é um herói, torne-se o Super Pai que seu filho já acha que você é!
Acesse agora gratuitamente nosso KIT: Tudo o que vocês precisam saber para se tornarem os melhores pais do mundo! (parte2)

E para você, qual é a melhor maneira de ensinar os filhos? Deixe a sua opinião nos comentários! 

[contact-form-7 404 "Not Found"]

 

Comentários do Facebook

Deixe um Comentário