5 passos para criar a identidade visual da sua empresa

A identidade visual é o conjunto de elementos que formam a imagem da sua empresa. É a partir dela que as pessoas têm a primeira impressão da sua marca e do seu negócio. Por isso, é preciso ter um logo, uma cor e um estilo definido para todos os seus materiais gráficos, site, embalagens, decoração do escritório e uniformes dos funcionários. É assim que a sua marca será representada!

A identidade visual é uma representação da identidade corporativa. Através dela serão demonstrados os conceitos e valores da empresa, a cultura, posicionamento no mercado, missão e forma de trabalho. A imagem que você passa define o que o público pensa quando vê os elementos da sua marca.

Por isso, é preciso um trabalho bem minucioso para se passar exatamente o que se quer através da identidade visual. Além disso, há o fato de saturação informativa do mercado. Em mundo com tantas figuras e imagens expostas a todo momento, como conseguir se destacar e marcar a memória do consumidor? Esse é um grande desafio!

5 passos para criar a identidade visual da sua empresa

1 – Essência no design

É preciso entender: o que a sua marca “é”, é dito pelo design. Por isso, a identidade visual precisa estar replicada em todos os elementos da empresa.

O design precisa ser uma prioridade e deve ser pensado desde o plano de negócio. Convoque um profissional da área para acompanhar os processos e decisões da empresa e, a partir daí, transformar essa essência em design.

2 – Escolha a mensagem

Qual é a impressão que você quer que seus consumidores tenham ao deparar com a identidade visual da sua marca? Pense nisso! Essa é a mensagem que você quer passar.

É isso que constará no briefing da sua identidade. Reflita quais as características mais importantes da empresa, quais seus diferenciais, faixa-etária do público-alvo, estilo do público-alvo e que palavras podem definir a empresa.

3 – Defina o estilo

Depois de saber o que você quer passar, é preciso pensar de que maneira fazer isso. Tudo será expressado através da escolha das cores, fontes e imagens. Nesse momento, é bem importante o auxílio de um profissional.

As fontes podem ser com ou sem serifas, dependendo do lugar onde serão lidas. As serifadas são mais clássicas, tradicionais e transmitem sofisticação. Já as sem serifas, mais modernas, jovens e descontraídas.

As cores despertam diferentes sentimentos e sensações e, por isso, todo cuidado é pouco nessa hora. Através da psicologia das cores, defina uma paleta para usar na sua identidade visual.

4 – Pense em algo flexível

Tome cuidado para não criar um logo e toda uma identidade visual que só serve para um objetivo. Não adianta nada funcionar muito bem no seu site se não fica bom impresso nos materiais. O design precisa ser versátil! A marca precisa ser adaptável para trabalhar bem nas diversas mídias.

5 – Construa sensações

Sua identidade visual afetará as pessoas. Por isso, pense como as pessoas poderão se apropriar dela e construir um relacionamento. Qual é a sensação principal que você quer passar? Confiança, qualidade, inovação, parceria e modernidade podem ser uma das suas escolhas. A partir dessa decisão, analise que elementos se relacionam com essa sensação e os inclua na sua identidade visual. Pode ser uma imagem, um traço, ou até algo mais sensorial, como um som ou aroma.

Aplicando a identidade visual

Quando terminar o processo de criação, o ideal é que a equipe responsável entregue para você um manual da sua marca. Lá estarão todas as informações sobre uso de fontes, cores, imagens, etc. Sempre que você for iniciar um novo projeto deve consultar esse manual.

A partir daí, chegou a hora de aplicar essa identidade! Lembre-se, quanto mais personalizado forem os seus ambientes e produtos, mais retorno você terá!

  • Use o logo em sua sede física (caso seu negócio tenha uma), em placas, paredes, tapetes e adesivos;
  • O seu site também precisa estar dentro da sua identidade visual, assim como as suas páginas nas redes sociais;
  • Todos os materiais impressos, como folders, catálogos e flyers precisam estar dentro das normas do manual da marca;
  • Seus funcionários também podem incorporar essa identidade visual através do uso de uniformes corporativos, com o logo e cor da empresa;
  • Brindes também são uma ótima ideia para promover a marca. Crie canetas, blocos e calendários com o seu logo.

Sua empresa já tem uma identidade visual? Quer criar um uniforme corporativo para fortalecer sua marca? Visite a página da Ripio!

 

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Comentários do Facebook

Deixe um Comentário